• qui. nov 25th, 2021

Live debate a ferramenta koha para gestão de bibliotecas

ByJoyce Viana

abr 7, 2021

No dia 7 de abril (hoje), às 16hs, o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), realiza a live QuartaàsQuatro com o tema “A atuação do Ibict no apoio ao Sistema de Bibliotecas Koha”.

Live debate a ferramenta koha para gestão de bibliotecas

A live vai debater o uso da ferramenta Koha, o software livre mais utilizado no mundo para gestão de bibliotecas, seja pela sua oferta de funcionalidades ou por representar um sistema completo, com todos os módulos necessários, atendendo a padrões aceitos mundialmente, como o Marc, RDA e LRM. Dessa forma, mesmo com alguns desafios, pode ser utilizado por bibliotecas, migrando dados de sistemas para o Koha. Por ser um software livre de código aberto, permite colaborações de toda a comunidade, como no caso do Brasil que desenvolveu o Plugin do Cutter.

A live será exibida ao vivo no canal do Ibict no Youtube (clique aqui para acessar).

Confira o currículo dos participantes:

Milton Shintaku

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília, Tecnologista do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia e Coordenador da Coordenação de Tecnologias para Informação.

Ingrid Torres Schiessl

Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade de Brasília, mestrado em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisadora do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia na Coordenação de Tecnologias para Informação.

Ítalo Barbosa Brasileiro

Possui graduação e mestrado em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Piauí. Atualmente é doutorando no Programa de Pós-graduação em Informática (PPGI) da Universidade de Brasília e pesquisador do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia na Coordenação de Tecnologias para Informação. 

Tiago Marçal Murakami

Graduado em Biblioteconomia na Universidade de São Paulo e Bibliotecário na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

Fonte: IBICT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.